10h27

Iniciativas sociais fomentadas no Baixo Sul atraem instituições nacionais e internacionais

Dentre as agendas, destacam-se as do General Lauro Pires da Silva (foto), Diretor de Patrimônio do Exército Brasileiro, de representantes da prefeitura de Magé e de jornalistas francesas

Compartilhe
Tamanho do texto

Os resultados do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS) têm suscitado cada vez mais visitas de representantes de instituições nacionais e internacionais ao interior do estado. Em 2012, cerca de 70 agendas aos municípios do Baixo Sul foram cumpridas, com uma média de seis visitas mensais. O mês de março de 2013 superou esse quantitativo, chegando a contabilizar 14 agendas de trabalho.

Nos dias 6 e 7, as jornalistas francesas Julie Thierry e Stephane Bonnat seguiram para a Serra da Papuã, em Ibirapitanga (BA), a fim de conhecer os trabalhos da Associação Guardiã da Área de Proteção Ambiental do Pratigi (Agir). Dias depois, em 12 de março, foi a vez do General Lauro Pires da Silva, Diretor de Patrimônio do Exército Brasileiro, visitar o mesmo local. Na ocasião, conheceu o Núcleo de Estudos e Práticas em Governança Participativa, apoiado pela Organização das Nações Unidas. Já no dia 13, o roteiro contemplou passagens pelas Casas Familiares Rurais de Presidente Tancredo Neves e de Igrapiúna, onde o General Lauro teve a oportunidade de conversar com jovens sobre suas histórias. Para finalizar, esteve nas instalações do Colégio Estadual Casa Jovem e da Escola de Instrução Militar, ambos localizados em Igrapiúna (BA).

Jornalistas da Embrapa Tecnologia e Informação e Embrapa Mandioca e Fruticultura também reservaram o dia 13 de março para cumprir agenda no Baixo Sul. Na Fazenda Novo Horizonte, no município de Presidente Tancredo Neves (BA), os profissionais trocaram informações sobre o cultivo do abacaxi imperial com os associados da Coopatan - Cooperativa dos Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves e registraram imagens do processo de armazenamento do fruto. Todo o material será transformado num documentário que será exibido no programa Dia de Campo na TV, da Embrapa, com previsão de ir ao ar em abril no site da instituição e no canal NBR (Governo Federal).

Estudantes também buscam se aproximar do PDCIS a fim de desenvolver pesquisas sobre tecnologias sociais e protagonismo juvenil. Esses foram os casos de Thaisa Reis, mestranda de Marketing e Responsabilidade Social da Fundação Visconde de Cairu, de Salvador (BA), e de Adriane Carvalho, professora da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas). As duas concentraram as atenções no modelo da Aliança Cooperativa Estratégica da Mandioca e Fruticultura, da qual fazem parte a Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves e a Coopatan. Adriane ainda visitou o Núcleo da Cultura da Odebrecht, localizado no Edifício Sede, em Salvador.

Veja abaixo a lista completa dos visitantes de março:

6 e 7 de março: Jornalistas francesas Julie Thierry e Stephane Bonnat;
7 de março: Valter Sampaio, Diretor de Monitoramento do Sindicato e Organização das Cooperativas do Estado da Bahia;
8 de março: Antônio Spínola, Secretário de Agricultura de Nilo Peçanha (BA);
12 e 13 de março: General Lauro Pires da Silva, Diretor de Patrimônio do Exército Brasileiro;
13 de março: Jornalistas da Embrapa Tecnologia e Informação e Embrapa Mandioca e Fruticultura;
13 de março: Júlio Franco, Sócio-Diretor da Azimute Consultoria em Recursos Humanos, e sua esposa Rita Bueno;
14 de março: Thaisa Reis, Estudante de Mestrado da Fundação Visconde de Cairu;
14 e 15 de março: Nestor de Moraes Vidal, Prefeito de Magé (RJ), e comitiva formada pelo Assessor César Garcia Mello e pelo Secretário Municipal de Agricultura, Aloísio Pinto Sturm, além de Edison Cunha Rodrigues, Gerente da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural, José Luiz Natal Chaves, Engenheiro Agrônomo, e o produtor rural Waldemar Garcia Mello;
15 de março: Pesquisadores estrangeiros Hale Tufan (Estados Unidos), Peter Kulakow e Chidozi Egesi (Nigéria) e Kawvki Robert (Uganda);
19 de março: Representantes da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado da Bahia;
19 de março: Luís Rocha e Marcelo Brust, respectivamente, secretários de Planejamento e Meio Ambiente do município de Presidente Tancredo Neves;
22 de março: Enádio Moraes Filho, Médico especialista em Saúde Pública;
26 de março: Manoel Sales, Diretor-Presidente da Adscaf Agência de Desenvolvimento Sustentável e Comercialização da Agricultura Familiar e Coordenador da Agricultura Familiar da Secretaria de Agricultura de Ituberá (BA);
26 e 27 de março: Adriane Carvalho, professora e pesquisadora da PUC Minas.

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital