18h07

Jovens do Baixo Sul da Bahia refletem sobre visão de futuro e plano de vida e carreira

I Seminário Integrado de Educação Profissional reúne cerca de cem jovens em formação nas três casas familiares rurais localizadas no Baixo Sul da Bahia

Compartilhe
Tamanho do texto

Ao interromper as atividades diárias no campo para compartilhar sua história, Benivaldo dos Santos, 25 anos, não imaginava como os cerca de cem jovens o receberiam. O ex-aluno da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) encontrou um público ansioso pelas suas experiências. “Tenho um laço de confiança com a minha comunidade. Eles acreditam em mim. Não tinha sonhos e nesses últimos anos conquistei muitas coisas, é gratificante”, conta o jovem empresário rural.

Benivaldo participou como palestrante do I Seminário Integrado de Educação Profissional, realizado no dia 28 de maio no município de Presidente Tancredo Neves (BA). Na ocasião, os educandos que estão no último ano de formação das três Casas Familiares localizadas no Baixo Sul da Bahia – CFR-PTN, Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) – se reuniram para trocar experiências sobre visão de futuro, plano de vida e carreira e lições aprendidas durante os três anos de estudo.



Jovens de três Casas Familiares se reúnem para discutir plano de vida e carreira
 

Entre discussões e atividades práticas, a educanda da Cfaf, Natalícia Barros, 17 anos, se surpreendeu. “Percebemos que temos muito em comum, principalmente o espírito empresarial”, destaca a moradora da comunidade Itiúba, em Nilo Peçanha (BA). Para Telma Santos, de Canta Galo (Valença-BA), o momento foi enriquecedor. “Foi uma forma de observarmos as dificuldades e sucessos de cada um e tomarmos como exemplo”, assegura a estudante da CFR-PTN, de 17 anos.

Um desses exemplos foi a trajetória de Benivaldo. Durante sua passagem pela CFR-PTN, o agora agricultor desenvolveu três projetos educativos produtivos: dois de plantação de banana e um de maracujá. O primeiro não deu certo por conta de uma seca que atingiu a região, mas o sucesso dos seguintes o compensou. “A Casa Familiar me mostrou que seria possível viver com dignidade na zona rural”. Com o fim da formação, em 2010, deu continuidade aos cultivos e tornou-se Líder de Produção Vegetal da Fazenda Novo Horizonte, onde estão localizadas a CFR-PTN e a Cooperativa dos Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan), da qual é associado há dois anos. "A Coopatan garante o destino certo para a minha produção. Assim, tenho um maior retorno financeiro", destaca Benivaldo, que é morador da comunidade Ouro Preto, localizada em Presidente Tancredo Neves.

Assim como Benivaldo, Ubergson Santos, educando da CFR-I, também acredita na agricultura. “É uma atividade viável, que nos traz renda e melhoria de vida”, ressalta o jovem de 18 anos, morador da comunidade Rio do Braço (Igrapiúna-BA).

Próximos passos
De acordo com Adriana de Santana, monitora que acompanha os educandos da Cfaf, o maior resultado do Seminário foi a soma de esforços. “A união das três turmas e coordenação, em prol de um objetivo comum, constituiu a essência dessa sinergia”, acredita. Joelma Sena, Assessora Pedagógica da CFR-I, ressalta a importância da interação, possibilitada pelo evento. “Este é o primeiro de muitos que vamos realizar. Temos que investir na formação desta nova geração de empresários rurais”, reforça. 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital