13h38

Exército Brasileiro amplia parceria para construção da Estrada Parque

Norberto Odebrecht e General Joaquim Maia Brandão assinam Memorando de Entendimentos durante Workshop Pratigi, realizado para discutir cronograma das obras

Compartilhe
Tamanho do texto

No caminho da Estrada Parque, existem dezenas de comunidades. Estima-se que 90.000 pessoas ali residem e circulam na via que flui naturalmente pela Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, localizada no Baixo Sul da Bahia, e liga a BR-101 à BA-001 chegando até a Praia do Pratigi. Por isso, sua requalificação e pavimentação visa facilitar o transporte, assim como a implementação de centros de resultados ligados às cadeias produtivas agrícolas e aquícolas, vilas residenciais qualificadas, constituindo-se um canal eficiente de comunicação e geração de trabalho e renda, além de contribuir para consolidar o Agroecoturismo – modelo de turismo agrícola, ecológico e sustentável.

A obra será executada pelo Exército Brasileiro (EB), que está ampliando a parceria com o Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), fomentado pela Fundação Odebrecht e parceiros públicos e privados. No dia 18 de outubro, o General Joaquim Maia Brandão Júnior, Chefe do Departamento de Engenharia e Construção (DEC) do EB, e Norberto Odebrecht, Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht, assinaram o Memorando de Entendimentos que viabilizará a construção.

Para o General Brandão, essa é uma oportunidade de cumprir o papel da instituição por ele representada. “Estamos ao lado de todos, mostrando o que pode ser feito. O trabalho é grande e sabemos do desafio. A nossa presença vai ser maior na região”, sinaliza.

A assinatura aconteceu durante o Workshop Pratigi, realizado na Serra da Papu㠖 Ibirapitanga (BA), entre 14 e 18 de outubro. O evento discutiu o cronograma de trabalho e atividades necessárias à construção da Estrada. Durante os cinco dias, os participantes interagiram durante visitas técnicas, palestras, debates e oficinas com temas como experiências de construção de estradas ecológicas, pavimentação, direito e policiamento ambiental. Também houve demonstração do Valente – Veículo Aéreo Leve Especializado Não Tripulado de Engenharia, projeto do Instituto Militar de Engenharia com a participação da Diretoria de Patrimônio Imobiliário e Meio Ambiente (DPIMA), vinculada ao DEC.

De acordo com o General Lauro Luís Pires da Silva, Diretor da DPIMA, essa é uma parceria caracterizada como ganha-ganha. “Não só podemos colaborar, mas angariar novas experiências. Como militares, buscamos incutir valores básicos e de cidadania e aqui vemos uma oportunidade de aplicar esses conceitos em sua plenitude. Do workshop todos levam conceitos novos”, acredita. Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht, completa: “é extraordinário ter tantas mentes pensando em solucionar a dificuldade daqueles que transitam nessas estradas. Que possamos juntos promover uma geração que possa se desenvolver e crescer com dignidade na região”.

Inicialmente, o Exército irá atuar na requalificação e construção de 41 dos 125 quilômetros da rodovia BA-250/Pratigi (Estrada Litorânea), dos 125 km que totalizam a Estrada Parque. O trecho une a localidade de Colônia, cruzando a BA-001 até a Praia do Pratigi, localizada no município de Ituberá. Os recursos para essa obra são resultado da parceria firmada com o Ministério do Turismo (MTur) e o Governo do Estado da Bahia, por meio da Secretaria de Infraestrutura. “O investimento é de grande importância porque agrega valor ao destino Bahia”, salienta Fábio Mota, Secretário Nacional de Programas de Desenvolvimento do Turismo do MTur.

Heráclito Menezes, Prefeito de Piraí do Norte e Presidente do Consórcio Intermunicipal da APA do Pratigi (Ciapra), acredita que a estrada trará grandes benefícios para as comunidades. “O foco é melhorar a vida daqueles que mais precisam na nossa APA, apresentando soluções sustentáveis”, ressalta. Josevaldo Santos, Presidente da Associação Guardiã da APA do Pratigi (Agir) e morador de Piraí do Norte, concorda. “Represento milhares de pessoas que sonharam com o desenvolvimento. As estradas que temos são precárias. Isso vai impactar diretamente para nós, pequenos agricultores”. O empresário Arthur Bahia destaca ainda que é preciso sempre pensar a região como uma só. “Apesar do meu trabalho estar focado no litoral, se aqui estiver bom, lá vai estar também. Esse evento e a presença do Exército dá um selo de qualidade e comprometimento”, reforça.


Oficiais do Exército, representantes do poder público local, de associações civis e da iniciativa privada participaram do evento

Também estiveram presentes no Workshop outros oficiais do Exército Brasileiro, representantes do poder público local, Ciapra, Agir e Organização de Conservação da Terra – as duas últimas, instituições que fazem parte do PDCIS.

Parceria
Desde 2007, o Exército é parceiro do PDCIS. A ação conjunta busca promover a cidadania, a inclusão social e apoiar as comunidades localizadas na região. Como principais resultados destacam-se a realização das Ações Cívico Sociais (ACISO), a instalação do Tiro de Guerra em Valença (BA) e a implantação da primeira Escola de Instrução Militar do Nordeste em Igrapiúna (BA) – esses dois últimos são espaços que permitem que os jovens prestem o serviço militar inicial nos municípios onde residem.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital