10h40

Veja quem esteve no Baixo Sul e compartilhou experiências

Durante os meses de março e abril, representantes da Fundación Fidal, Braskem, BNDES e Mitsubishi Corporation foram alguns dos parceiros que interagiram com jovens e cooperados

Compartilhe
Tamanho do texto

Os meses de março e abril foram marcados por diversas visitas às instituições ligadas ao Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), apoiado pela Fundação Odebrecht e parceiros públicos e privados. Veja quem interagiu com jovens e cooperados da região:
 


 Na foto, integrantes do Aquapolo Ambiental e jovens das Casas Familiares

 

Março:

12 a 14 de março: Representantes do Aquapolo Ambiental - projeto inovador e sustentável que produz água de reuso para fins industriais, destinada ao Polo Petroquímico do ABC paulista – e da Prefeitura Municipal de Santo André (SP) estiveram no Baixo Sul acompanhados por José Fernando, jornalista convidado pelas instituições. Entre eles, Marcos Koehler e Carmen Lucy de Freitas, respectivamente Diretor Presidente e Responsabilidade Socioambiental do Aquapolo, e Aparecida de Fátima, Secretária Municipal de Inclusão Social e Primeira Dama de Santo André.

A troca de experiências contemplou visitas à Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), sede do Construir Melhor, além da Cooperativa dos Aquicultores de Águas Continentais (Coopecon), Organização de Conservação da Terra (OCT), Associação Guardiã da APA do Pratigi, Instituto Direito e Cidadania (IDC) e Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN).

Carmem Lucy já conhecia as instituições ligadas ao PDCIS e, durante a sua visita, ressaltou a importância das ações. "Quando visitei aqui pela primeira vez, encontrei alicerce e o meu rumo como cidadã, como mulher. Eu acredito no campo e nos jovens". Seguida por ela, Aparecida de Fátima incentivou os jovens a seguirem firmes em seus objetivos. "Se um dia vocês tiverem que ir a São Paulo, que seja por opção de vocês e não por falta de oportunidades", desejou.

13 de março: Representantes do Banco Mundial e da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Irrigação, Reforma Agrária, Pesca e Aquicultura (Seagri), estiveram na Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I), Ambial - Indústria de Beneficiamento de Palmito, CFR-PTN e Coopatan. 

17 a 18 de março: Integrantes da Braskem e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) foram apresentados ao PDCIS em visita que teve início no Edifício Sede da Odebrecht, em Salvador. Em seguida, conheceram os projetos desenvolvidos pelo Instituto de Desenvolvimento Sustentável do Baixo Sul da Bahia (Ides), localizado no município de Nilo Peçanha, OCT, CFR-PTN, Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan) e Cooperativa dos Produtores de Amido de Mandioca do Estado da Bahia (Coopamido).

“Como estudante da CFR-PTN, agradeço à Braskem pela contribuição na nossa formação. E, como cooperado, agradeço ao BNDES pelos investimentos que vêm sendo feitos e que estão nos beneficiando”, afirmou Marcelo Roma, 23 anos, jovem empresário rural.

Thais Pires, Analista de Finanças da Braskem, ressaltou a importância das ações desenvolvidas pelo PDCIS. “O papel de todos vocês é muito importante, pois contribui com a transformação do nosso país”.

24 de março: Tawake Ducivaki, químico do Instituto Agrícola das Ilhas Fiji, e Luke Seru, Responsável pelo Processamento de Alimentos no mesmo instituto, estiveram na Coopamido, localizada em Laje (BA). Os pesquisadores vieram ao Brasil para realizar análises agrícolas, por meio de uma parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa).

"Esperamos num futuro próximo trabalhar com a Cooperativa, e vamos fazer uma solicitação formal pra que essa parceria seja estabelecida", garantiu Ducivaki.

24 e 25 de março: Representantes da Fundação Fidal e Integrantes da Odebrecht Equador estiveram no Baixo Sul acompanhados por Mauricio Medeiros, Presidente Executivo da Fundação Odebrecht. 

Os visitantes conheceram a estrutura das instituições de ensino e cooperativas, apresentadas por seus respectivos líderes e acompanhou depoimentos de jovens do 3º ano das Casas Familiares e de cooperados.

“Estou sendo tomada por um sentimento maravilhoso por saber que aqui no Brasil, país vizinho do Equador, existem ações voltadas para o desenvolvimento humano e que, assim como a Fundação que eu represento, tem compromisso com o futuro de qualquer nação, que são os nossos jovens”, ressaltou a Presidente da Fundação Fidal e ex-Presidente da República do Equador, Lupe Rosalía Arteaga Serrano.
 


Da esquerda para a direta, Mauricio Medeiros, Claudia Catalina, Lennon Almeida, Lupe Rosalia,
Norberto Odebrecht e Honório Brito

 

26 de março: O Prefeito de Igrapiúna Leandro Ramos e a Secretária de Agricultura do município, Ivana Borges, estiveram na sede da CFR-I. Durante visita, o prefeito discursou para os jovens e falou sobre a importância da unidade de ensino. “Vocês estão recebendo educação de qualidade e foram escolhidos para fazer a diferença”, enfatizou.

“A agricultura familiar é a base da economia de nossos municípios e vocês estão aprendendo a produzir com mais qualidade”, disse Ivana.

27 de março: Cerca de 15 integrantes da The Nature Conservancy (TNC), foram recebidos por Maurício Medeiros, no Edifício Sede, em Salvador. Eles participaram de um bate papo com Joaquim Cardoso, presidente do Conselho Deliberativo da OCT, e conheceram as principais iniciativas ligadas ao PDCIS.

Fundada em 1951, a TNC é uma organização internacional, sem fins lucrativos, líder na conservação da biodiversidade e do meio ambiente, cuja missão é conservar plantas, animais e comunidades naturais que representam a diversidade.

28 de março: Representantes da Mitsubishi Corporation, Grupo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e Fundo Multilateral de Investimentos (Fumin) acompanharam as ações desenvolvidas no Baixo Sul. Os parceiros do PDCIS visitaram a CFR-PTN e Coopatan, além do Condomínio Agrícola Eliane Oliveira.

Abril

11 de abril: Mathias Rath, integrante da Bolsa de Valores Socioambiental, realizou visita técnica à CFR-PTN. Recebido por jovens do segundo ano, ele ressaltou que a junção entre teoria e prática consegue gerar grandes resultados. “Os estudantes disseminam seus aprendizados para a comunidade e são como a luz que chega quando tudo está escuro”, disse.  

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital