08h40

Uma década de serviços prestados às comunidades baianas

Instituto Direito e Cidadania celebra aniversário com mais de 350 mil atendimentos e beneficiando mais de cem mil pessoas. Foco está na construção de uma sociedade mais justa e igualitária

Compartilhe
Tamanho do texto

O ano de 2004 foi marcado por inúmeras mudanças na vida de famílias do Baixo Sul da Bahia. Com a missão de organizar e fortalecer o capital social, criando circunstâncias para o exercício pleno da cidadania, foram iniciadas as atividades do Instituto Direito e Cidadania (IDC). Dez anos depois, com quatro unidades fixas, localizadas nos municípios baianos de Camamu, Nilo Peçanha, Presidente Tancredo Neves e Valença, o IDC já realizou cerca de 350 mil atendimentos, beneficiando mais de 100 mil pessoas.

“Durante esse tempo, aprendemos a importância de fazermos juntos, de estarmos unidos em prol de um objetivo comum, construindo soluções para o desenvolvimento de nossa região”, ressalta Maria Celeste Pereira, Diretora Executiva do IDC.


Evento reuniu e homenageou antigos integrantes do IDC 
 

O Instituto atua por meio de dois Núcleos: Atendimento ao Cidadão, oferecendo acesso a políticas públicas (como a emissão de documentação civil básica: carteira de trabalho, cadastro de pessoa física, entre outros), e Educação para a Cidadania, que visa a formação de lideranças comunitárias e capacitação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e dos Conselhos Tutelares do Baixo Sul.

No dia 27 de maio, foi realizado um evento em comemoração aos dez anos do IDC, que reuniu comunidade, integrantes e parceiros locais na Fazenda Novo Horizonte, sede da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (BA). Na ocasião, também estiveram presentes representantes dos poderes executivo, legislativo e judiciário dos municípios envolvidos, Valença e Camamu, CMDCA e Conselho Tutelar.

“O IDC busca interagir e sua missão é servir aos cidadãos. Dialogamos e conseguimos nesse processo contribuir com o desenvolvimento do outro. Tenho muito orgulho em fazer parte da história dessa instituição e de contribuir com a mudança na vida de muitas famílias do lugar onde vivo”, ressalta João Nildo, coordenador da área de inclusão socioprodutiva do IDC, que atua na instituição desde 2004.


Jovens beneficiados pelos projetos desenvolvidos pela Instituição também estiveram presentes

Luiz Rocha, Secretário de Planejamento e Presidente do CMDCA de Presidente Tancredo Neves, discursou no evento. “Quero felicitar a todos por fazerem parte desta iniciativa. As muitas e fortes palavras de elogios aqui feitas somente corroboram para mostrar a relevância do grandioso serviço prestado pelo IDC aos municípios do Baixo Sul” pontuou Luiz Rocha,

Para Celeste, “as conquistas devem ser comemoradas e nos estimulam a novos e maiores desafios”. O IDC é uma das instituições ligadas ao Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de Áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), fomentado pela Fundação Odebrecht e parceiros públicos e privados.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital