15h37

“Criança Esperança” apoia projeto de formação de jovens empresários rurais no Baixo Sul da Bahia

Recursos serão destinados para a Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves e beneficiarão mais de 95 estudantes

Compartilhe
Tamanho do texto

“Hoje me sinto motivado a permanecer no campo”, conta Joivan Santos, 16 anos. Segundo ele, a oportunidade para se desenvolver na agricultura surgiu quando ingressou no curso técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio, na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN). A instituição oferece educação profissional de qualidade a jovens, unindo o conhecimento tradicional e o técnico, de forma comprometida com o crescimento de suas comunidades e da região.

Joivan é um dos 95 estudantes da CFR-PTN que serão beneficiados, em 2015, com recursos de cerca de R$ 160 mil doados pelo Criança Esperança. Promovido pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) e Rede Globo, a campanha de 2014 arrecadou R$ 15 milhões e selecionou 101 projetos em meio a 1,2 mil inscritos.

“Os recursos serão destinados para custeio de insumos, combustível, alimentação e materiais didáticos”, garante Quionei Araújo, Diretor de Ensino da Casa Familiar Rural. A instituição está ligada ao Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade do Mosaico de áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia (PDCIS), fomentado pela Fundação Odebrecht com o apoio de parceiros públicos e privados.

Marlova Jovchelovitch Noleto, Coordenadora da Unesco no Brasil, garante que a entidade está muito satisfeita com o resultado do processo seletivo. “Pela primeira vez, em um mesmo ano, serão apoiados projetos em todos os estados do Brasil, em uma grande diversidade de áreas temáticas”.

A formação na CFR-PTN dura três anos e os estudantes vivem diferentes etapas e, desde o início, têm contato com uma prática produtiva vocacionada para a área do seu curso. Para Joivan, aluno do 1º ano, já é possível perceber os frutos do aprendizado. Na propriedade dos pais, tem cultivado um hectare de banana tipo terra e dois de mandioca e acredita que esse é o início da sua formação como empresário rural. “A Casa Familiar nos ensina formas de administrar nossos recursos. Com princípios, valores, metas e espírito de servir podemos encontrar tudo onde nascemos”, diz.

Sobre o Criança Esperança
Há 29 anos o Criança Esperança cria oportunidades de desenvolvimento para crianças, adolescentes e jovens. Mais de 5 mil projetos sociais já foram beneficiados no Brasil, contribuindo para garantir os direitos de mais de 4 milhões de crianças, adolescentes e jovens e gerar inclusão social. As doações podem ser realizadas ao longo do ano, no site oficial da iniciativa.

Os recursos arrecadados são depositados diretamente na conta da Unesco, que é responsável pela seleção de projetos, por meio de edital público, realizada anualmente. Após a seleção, a entidade monitora e faz o acompanhamento técnico e financeiro dos projetos apoiados.

*Com informações do site G1

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital