14h42

Neutralizar é preciso

Odebrecht Óleo e Gás realiza campanha interna de conscientização em parceria com a Organização de Conservação da Terra, apoiada pela Fundação Odebrecht

Compartilhe
Tamanho do texto

Três meses, 143 pessoas envolvidas, mais de 363 toneladas de carbono neutralizadas e cerca de 2.180 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica plantadas no Mosaico de áreas de Proteção Ambiental do Baixo Sul da Bahia. Esse foi o resultado da campanha de conscientização realizada pela Odebrecht óleo e Gás em parceria com a Organização de Conservação da Terra (OCT), instituição que integra o Programa PDCIS, coordenado pela Fundação Odebrecht. Desde abril, Integrantes têm aderido ao Programa Carbono Neutro Pratigi, da OCT, que permite o cálculo das emissões de Gases de Efeito Estufa. O resultado é expresso em árvores que serão plantadas na região pela OCT, contribuindo para a restauração de nascentes. (Clique aqui e saiba mais sobre essa iniciativa).

A ação da Odebrecht óleo e Gás, que teve como base os preceitos de sua Política de Sustentabilidade, foi criada com o intuito de fazer com que os Integrantes conhecessem suas emissões na vida pessoal. Desde 2014, a OCT e a empresa são parceiras na conservação do Meio Ambiente. Nesse mesmo ano, a empresa realizou a neutralização de carbono de seus escritórios em Macaé e Itajaí, no Rio de Janeiro, restaurando três nascentes e plantando um total de 3.875 árvores.

Segundo Soraya Rangel, coordenadora de sustentabilidade da Odebrecht óleo e Gás e uma das responsáveis pela campanha, a parceria com a OCT está sendo bem-sucedida. “Os resultados têm sido positivos, nos aspectos práticos, ganho de conhecimento, troca de experiências e aumento da conscientização para uma mudança de atitude em relação às iniciativas de mitigação das mudanças climáticas. Temos o sentimento de que estamos no caminho certo e que podemos ter uma parceria de longo prazo”, comemora. Para Volney Fernandes, Diretor Executivo da OCT,” os Integrantes da Odebrecht óleo e Gás vestem a camisa da sustentabilidade! é importante parabenizar a todos pela atitude de tornar o discurso real”, comenta. 


Integrante da Odebrecht óleo e Gás no Baixo Sul da Bahia

Apesar da campanha já ter sido finalizada, a OCT continua recebendo visitas de grupos da empresa para conhecer nascentes restauradas. Segundo Soraya, as ações de sustentabilidade não param e o desejo é formalizar nova parceria com a OCT para a neutralização do que foi emitido nas atividades de 2014. “Queremos realizar o plantio de mudas e apoiar na restauração de nascentes em outras áreas. Também buscamos modernizar nossos procedimentos para reduzir as emissões na operação”, finaliza.

 

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital