10h10

Pacto de Governança na prática

Lideranças do Programa PDCIS participam de reuniões com equipes da Fundação Odebrecht. Foco foi a segurança empresarial

Compartilhe
Tamanho do texto

Na semana de 25 a 29 de julho, os Diretores Executivos das instituições ligadas ao Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), coordenado pela Fundação Odebrecht, participaram de reuniões com as áreas de Segurança Empresarial, Parcerias e Investimentos Sociais, Pessoas & Organização e Governança & Jurídico da Fundação. O evento, realizado no Escritório Odebrecht Salvador, foi mais uma etapa dos desdobramentos do Pacto de Governança assinado em 2016 – instrumento que preza pela transparência, equidade, prestação de contas e responsabilidade social. O foco das discussões foi o tema segurança empresarial.

No dia 2 de agosto, o mesmo tema foi tratado no encontro com os líderes de Organização Dinâmica (OD) das entidades do Programa PDCIS, realizado no Núcleo Papuã, Baixo Sul da Bahia, e, no dia 15 de agosto, com líderes do Centro de Serviços Compartilhados (CSC). Segundo Lorena Oliveira, responsável na Fundação Odebrecht por Pessoas, Organização e Finanças, são momentos que trazem a importância da Governança qualificada para o “jogo do ganha-ganha”, pelo qual se detalha a operação das ações comuns, com foco na eficiência. “Nosso objetivo é fortalecer os valores institucionais e mostrar que a segurança empresarial agrega valor, desde que haja compromisso e comprometimento”, conta.

Israel Lago Brasil, da área de Segurança Empresarial, ressaltou que essa profissionalização é um dos fatores essenciais para o crescimento do Programa PDCIS. “Mostramos o papel de cada uma das partes no trabalho, onde foi apresentada a Matriz de Responsabilidades e o que será acompanhado nos âmbitos pactuados”, disse. Para Delcy Machado, Vice-Presidente de Operações de Sustentabilidade PDCIS, trata-se de uma evolução na relação institucional, que permitirá obter ganhos relevantes na conformidade das instituições e do Programa. “Sem dúvidas, é um diferencial positivo cada vez maior junto aos investidores e à sociedade em geral”, afirmou.

Este acompanhamento, para Elizângela Lisboa, líder de OD da Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), é essencial para a melhoria contínua nos processos. “Na prática do nosso dia a dia, será incorporado cada vez mais, fortalecendo nossos compromissos e habilidades”, disse. Para ela, o Pacto de Governança zela pela imagem das entidades através de instrumentos como código de conduta, regimento interno, plano de comunicação e outros. “São aspectos que asseguram a transparência e trazem resultados satisfatórios para nossos investidores”, completou.

 

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital