13h10

Desenvolvimento regional

Cooperativa dos Aquicultores de Águas Continentais formaliza parcerias importantes em lançamento da Agenda Territorial da Bahia

Compartilhe
Tamanho do texto

No dia 29 de março, a cidade de Valença (BA) foi palco do lançamento da Agenda Territorial da Bahia (AG-TER), projeto do Governo do Estado que visa a promoção de geração de renda nos 27 territórios de identidade baianos. O evento, que contou com a presença do Vice-Governador e Secretário do Planejamento, João Leão, e do Secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, marcou um passo importante para o fomento à aquicultura na região do Baixo Sul, por meio da formalização de convênios com a Cooperativa dos Aquicultores de águas Continentais (Coopecon), apoiada pela Fundação Odebrecht através do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS).

“Essas parcerias são fundamentais para avançarmos no caminho da sustentabilidade e propósito em ser referência no Brasil e no mundo. Seguimos com o objetivo de desenvolver nossa região de forma sustentável, lutando pela inclusão e combate à pobreza, agregando nossos associados com um produto de qualidade, que é o filé de tilápia”, afirmou Marcelo Costa, Diretor Executivo da Coopecon. Durante a cerimônia, o Presidente da cooperativa, Raimundo Santos, assinou convênio com a Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) para a execução de projeto que beneficiará mais de 30 famílias de jovens aquicultores egressos da Casa Familiar das águas (CFA) e que se tornaram cooperados. A CFA também é apoiada pela Fundação Odebrecht dentro do Programa PDCIS. A meta é a produção e comercialização de mais de 88 mil quilos de peixe, com um investimento de R$ 297.670,35 a ser financiado pelo Estado da Bahia através da CAR.


Assinatura selou Convênio entre Coopecon e Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR)

Doações de alevinos de tilápia e equipamentos para produção de peixe, entrega de Cadastro Cidadão e Declaração de Aptidão ao Programa de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) e assinatura de Convênio de Cooperação Técnica entre Coopecon e Bahia Pesca também foram realizados no evento. Segundo João Leão, que agradeceu a presença de representantes de instituições que buscam o crescimento do Estado, a exemplo da Fundação Odebrecht, a estratégia é viabilizar o apoio técnico e dar assistência a empreendedores rurais, investindo no potencial de cada região. “Queremos que as políticas de território funcionem cada vez melhor, apostando sempre no desenvolvimento econômico em articulação com empresas, universidades e órgãos estaduais e federais”, disse. Além da Fundação, líderes das instituições que integram o Programa PDCIS também acompanharam a cerimônia.


Líderes da Fundação Odebrecht e do Programa PDCIS, além de beneficários, marcaram presença no evento

O projeto AG-TER é uma iniciativa das Secretarias do Planejamento (Seplan), de Desenvolvimento (SDR), Desenvolvimento Econômico (SDE) e Agricultura (Seagri), Consórcios Públicos, Conselho Estadual de Desenvolvimento Territorial (Cedeter) e conta com a parceria do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Banco do Nordeste, Banco do Brasil, Agência de Fomento do Estado da Bahia S.A. (Desenbahia), Caixa Econômica Federal, Companhia de Desenvolvimento do Vale do São Francisco (Codevasf), Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade do Estado da Bahia (Uneb), Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufob) e Serviço Brasileiro de Apoio à Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).  

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital