15h09

Formação em curso

Casa Familiar das Águas dá início a nova turma do Curso de Qualificação em Aquicultura

Compartilhe
Tamanho do texto

Após um intenso processo seletivo, que envolveu etapas de inscrições, dinâmicas e reuniões com jovens e suas famílias, a Casa Familiar das águas (CFA) deu início às atividades da nova turma do Curso de Qualificação em Aquicultura. Em 2017, 28 estudantes passaram a ter acesso a uma formação contextualizada, com duração de um ano, voltada para a vida cidadã e produtiva. A instituição de ensino é apoiada pela Fundação Odebrecht através do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS). 

“Estar aqui hoje representa uma oportunidade única. Já considero a CFA minha segunda casa. Pretendo dar o meu melhor e me dedicar para aprender o máximo possível sobre aquicultura e poder repassar meus novos conhecimentos a minha família e comunidade”, pontuou Fabiele Conceição, 15 anos, uma das adolescentes selecionadas. Nas primeiras aulas, a estudante e os colegas ouviram atentos explicações sobre a dinâmica do curso, que tem a Pedagogia da Alternância como metodologia de ensino, onde os jovens passam uma semana na Casa Familiar e três em suas propriedades, aplicando os novos saberes.

Durante a formação, temas como nutrição de organismos aquáticos, tecnologia do pescado e gestão em piscicultura são estudados, integrando de forma sinérgica ações teóricas e práticas focadas no desenvolvimento de novos empresários aquícolas. “Um dos nossos objetivos é aprimorar os perfis de liderança, contribuindo para que eles saiam daqui como jovens protagonistas”, afirmou Adriana Freitas, Diretora da CFA. “Este é um trabalho que nos oferece a possibilidade de adquirir novos conhecimentos em aquicultura. E pretendo poder contribuir com minhas experiências também, pois minha família já teve criação de tilápias”, disse Emerson de Jesus, 15 anos.

O curso é voltado aos filhos de Aquicultores em ambientes continentais da região do Baixo Sul da Bahia e contribui para a atuação do jovem enquanto cidadão crítico e participativo no destino de sua comunidade. A instituição trabalha em sinergia com a Cooperativa dos Aquicultores de águas Continentais (Coopecon), também apoiada pela Fundação Odebrecht através do Programa PDCIS. Em 2016, outros 27 alunos concluíram a formação (clique aqui e saiba mais).

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital