18h08

Casas Familiares iniciam novo ciclo

O ano letivo já começou nas Casas Familiares apoiadas pela Fundação no Baixo Sul da Bahia. Confira como foram os primeiros dias de aula!

Compartilhe
Tamanho do texto

Todo início de ano letivo costuma unir expectativas, promessas de novidades e trocas de experiências. Foi assim que 114 novos estudantes começaram as aulas nas instituições de ensino apoiadas pela Fundação Odebrecht através do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS): Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), em Nilo Peçanha (BA), Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) e Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I). Atualmente, as unidades beneficiam 321 jovens de 13 municípios e mais de 80 comunidades do Baixo Sul da Bahia.

Na manhã do dia 15 de janeiro, a Cfaf recebeu 36 alunos novos no curso de Educação Profissional Técnica em Florestas integrado ao Ensino Médio. A partir da Pedagogia da Alternância, metodologia comum às três Casas, em que os estudantes passam uma semana na instituição de ensino, com aulas na sala e no campo, e duas na propriedade da família, aplicando os novos aprendizados, os jovens deram início aos estudos. O primeiro dia contou com a presença da Vice-Diretora do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente de Nilo Peçanha, Andréia Lopes, e da Conselheira Nubia Públio, além de monitores e colaboradores da Cfaf. “é um prazer recebê-los em nossa Instituição. Aproveitem ao máximo todos os conhecimentos que vocês terão acesso, pois serão muito importantes para a transformação de cada um como cidadão” declarou Rita Cardoso, diretora da Casa.

Com muita confiança, Adilmo Santana, 17 anos, falou sobre o que espera desse ano. “Minha expectativa é crescer aqui e poder chegar onde meu conhecimento alcançar, para que eu possa me tornar um técnico pronto para ajudar os meus familiares e vizinhos”, ressaltou o jovem da comunidade do Cavaquinho, em Nilo Peçanha (BA). Wevelly de Jesus, 14, saiu de Canavieiras, no município de Taperoá (BA), para a 1ª alternância na Cfaf. “Plantei a minha semente no momento que ingressei aqui e, com os aprendizados que terei, poderei semear novas sementes na minha comunidade para que ela se desenvolva assim como eu me desenvolverei durante a minha formação”, disse.


Na CFR-I, os novos alunos terão acesso ao ensino médio aliado aos estudos de Agronegócio

Em Igrapiúna, os 38 alunos do primeiro ano que chegaram para a primeira alternância da CFR-I, que alia o ensino médio aos estudos técnicos em Agronegócio, já demonstraram estar aptos a se tornar futuros empresários rurais. Franklin Silva, de 15 anos, de Fazenda Taboca, em Maraú (BA), sonhava cursar o ensino médio na instituição desde o 9º ano, quando estudava em outra instituição da região. “Eu estou me adaptando muito bem e a vontade que tenho é concluir a formação com muita dedicação”. Natália Carvalho, 14, de Terra Seca, no município de Camamu (BA), espera que 2018 seja de descobertas para ela e os colegas de classe. “A escola tem uma ótima estrutura, me sinto confortável. é um ambiente super agradável para estudar. Essa semana foi muito especial para mim”, conta.

Na CFR-PTN, que une o ensino médio ao ensino técnico em Agropecuária, os 40 novos estudantes também apareceram empolgados. Eric Pereira, 14 anos, de Papuã, em Teolândia (BA), vislumbrava o dia em que ingressaria na Casa Familiar: “o sonho de grande parte dos jovens do Baixo Sul da Bahia que vivem no campo é ser beneficiado por essa escola. Tenho grandes perspectivas em relação ao estudo”.


Jovens da turma do 1º ano da CFR-PTN no primeiro dia de aula

Jaciara dos Santos, 15, já imagina o quanto estudar na CFR-PTN vai beneficiar não só sua família, mas sua comunidade, Riachão de Areia, no município de Taperoá (BA). “Mais conhecimento sobre a agricultura, implantar as áreas, partilhar experiências é tudo o que desejo. Sei que serão vários os desafios, mas pretendo enfrentar e vencer”, concluiu.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital