07h00

CFR-PTN conquista novos parceiros

Fundação Telefônica Vivo e Banco do Nordeste se tornaram apoiadores da Casa Familiar em 2019

Compartilhe
Tamanho do texto
Gustavo Nascimento, aluno do 3º ano da CFR-PTN

Aos 17 anos, Gustavo Nascimento já vê na apicultura uma oportunidade de negócio. Morador do município de Wenceslau Guimarães, no Baixo Sul da Bahia, ele começou a se dedicar à cultura do mel a partir do que vem aprendendo na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), escola de ensino médio integrado ao técnico em Agropecuária onde cursa o 3º ano. “Uma das minhas metas é expandir meu apiário e produzir mais. Quero trazer um produto diferente para a região onde moro”, diz. 

A Casa Familiar Rural onde o jovem estuda – uma das instituições apoiadas pela Fundação Odebrecht por meio do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS) – oportuniza que adolescentes tenham acesso à uma educação de qualidade, voltada à realidade do campo e da agricultura. 

Em 2019, a CFR-PTN conquistou dois parceiros que aportarão recursos para viabilizar as ações realizadas com jovens como Nascimento: a Fundação Telefônica Vivo (FTV), que passa a apoiar a Casa pela primeira vez, e o Banco do Nordeste (BnB), que já foi apoiador da instituição no passado e renova a aliança este ano. Com os recursos captados, a CFR-PTN poderá reforçar suas ações educacionais, que estimulam adolescentes a assumirem posturas de protagonismo e empreendedorismo no campo. 

Parcerias beneficiarão alunos da instituição e suas famílias
e comunidades no Baixo Sul da Bahia

O projeto que a Casa Familiar inscreveu nos dois editais foi chancelado pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) da cidade de Presidente Tancredo Neves. “Nosso Conselho tem como missão assistir crianças e adolescentes a terem acesso aos seus direitos e a políticas públicas. A Casa Familiar representa um divisor de águas, pois através das ações que desempenha com os jovens, vemos o crescimento socioeconômico da região”, comenta Valquírio Nunes, representante do CMDCA do município.

O edital da FTV prevê o aporte de R$ 80 mil, mesmo valor que será destinado à CFR-PTN pelo Banco do Nordeste. Esses montantes, que têm previsão de serem recebidos em março de 2019, serão utilizados para ajudar a custear as despesas da Casa Familiar, como recursos humanos, transporte escolar e aquisição de insumos agrícolas utilizados pelos alunos. “Não é só um valor que será internalizado para formação de jovens, mas é a chegada de novos parceiros que conheceram nosso trabalho e reconheceram a importância da escola”, salienta Quionei Araújo, diretor da CFR-PTN.


 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital