10h00

Mais de mil ações multiplicadoras são realizadas em 2018

No Baixo Sul da Bahia, cerca de dez mil pessoas participaram de palestras, oficinas e seminários ministrados por beneficiários do Programa Social da Fundação Odebrecht

Compartilhe
Tamanho do texto

Em 2018, no Baixo Sul da Bahia, mais de 10.000 pessoas foram indiretamente beneficiadas por cerca de 1.200 seminários, palestras e oficinas sobre temas ligados à agricultura familiar realizados na região. Denominadas de Ações Multiplicadoras, são lideradas por jovens e produtores rurais locais, beneficiários do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), coordenado pela Fundação Odebrecht. 

“Essas ações são fundamentais não só para os jovens, enquanto líderes em formação, mas possibilita que outras pessoas tenham acesso a conhecimentos que podem fazer com que a qualidade de vida de toda a região melhore. Entendemos, com isso, que estamos fortalecendo nosso elo com a comunidade”, declara Quionei Araújo, diretor da Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), uma das instituições que incentiva a prática, juntamente a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Organização de Conservação da Terra (OCT). 

Natiliane Conceição, aluna da CFR-I, ao lado dos seus pais

Segundo Araújo, os temas dessas iniciativas variam de acordo com as necessidades dos agricultores dos municípios atendidos. Em 2018, por exemplo, foram realizados encontros nas comunidades, em associações de moradores e escolas, com assuntos como recuperação de nascentes, produção de hortaliças e coleta seletiva. Ainda de acordo com o diretor, participam uma média de 20 pessoas por atividade, sendo que o próprio jovem que ministrará o evento convida os moradores do entorno a participar. “Os alunos procuram outros produtores para fazer parte da ação e perguntam para as pessoas o que elas querem aprender. É também um momento importante de protagonismo para os estudantes”, reforça.

“Pude ver na prática como o planejamento correto das propriedades rurais ajuda nosso desenvolvimento no campo”, comenta a agricultora Eunildes Gonçalves, da comunidade de Areinha, em Taperoá (BA), referindo-se ao que aprendeu em uma ação realizada em 2018 por estudantes da Cfaf. Aluna da CFR-I, Natiliane Conceição já chama a atenção das pessoas da região onde mora, ao falar, com 16 anos, sobre temas como administração rural, manejo agroecológico, cooperativismo e cidadania. Segundo o pai, Marivaldo Conceição, a jovem é um exemplo a ser seguido por todos, inclusive por ele. “Ela explica o que pode usar, o que não pode, o que é melhor para nossa produção. E mostra isso também para a comunidade”, comenta. 

Valdomiro Vicente Junior, responsável pela área de Conservação Produtiva na OCT, também destaca a relevância que essas iniciativas têm para a relação entre as instituições executoras do PDCIS e as comunidades atendidas. “É uma maneira dos agricultores terem acesso a novos conhecimentos e manejos agrícolas. Um produtor local que domina as técnicas de produção alinhadas à preservação ambiental demonstra o método e todos passam uma manhã aprendendo”, afirma. 

É o que comprova Manoel Francisco de Santana Filho, agricultor beneficiado pela OCT. Em 2018, ele realizou um Dia de Campo - momento de aprendizado com apresentação conceitual da equipe técnica da OCT e demonstração prática dos produtores rurais - sobre a cultura do cacau, fazendo questão de compartilhar aprendizados que vão desde a seleção dos frutos, corte e fermentação, até a secagem do fruto, enfatizando a importância de cada etapa para a obtenção de um produto final de qualidade. “Eu acredito que trabalhos como esses ajudam a desenvolver a nossa localidade, a mostrar aos jovens e suas famílias que é possível viver no campo com uma boa renda”, disse. Em 2018, a OCT realizou mais de vinte Dias de Campo, além de oficinas voltadas a temas como implantação de Sistemas Agroflorestais (SAF) e preparo de fertilizante orgânico. 

Ação multiplicadora da OCT para apresentar às comunidades o Programa Produdor de Água Pratigi - Ibirapitanga, uma das iniciativas da instituição 

Acompanhe nossas redes sociais e continue conectado no site da Fundação Odebrecht para saber mais e conferir notícias sobre essas e outras atividades.

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital