16h30

Conselheiros da Fundação Odebrecht, da Odebrecht S.A. e convidados visitam Baixo Sul da Bahia

Diálogos sobre conquistas e desafios para o futuro foram destaque em encontro marcado pelo protagonismo de beneficiários do programa social da Fundação

Compartilhe
Tamanho do texto
Visitantes em momento de interação com alunos das
três Casas Familiares do Baixo Sul

Ver de perto as transformações geradas pelo Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS). Foi com esse objetivo que membros do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht, do Conselho de Administração e Diretoria da Odebrecht S.A., além de representantes do acionista Kieppe, visitaram o Baixo Sul da Bahia entre os dias 26 e 27 de abril. 

O encontro foi marcado pelo protagonismo dos beneficiários do PDCIS, que puderam dialogar sobre sua visão de mundo e como estão construindo um futuro no campo com mais qualidade de vida. A primeira parada foi na Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), localizada no município baiano de Presidente Tancredo Neves. Além dos estudantes e corpo docente da CFR-PTN, alunos e educadores da Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) também estiveram presentes.

“Para nós, é gratificante ter contato com quem está diretamente nos apoiando. É uma forma de mostrar a nossa história e como a educação que recebemos na Casa Familiar é fundamental em nossas vidas”, comentou Carina dos Santos, aluna da CFR-I. Rita Cardoso, diretora da Cfaf, ressaltou o papel das Casas em fomentar nos estudantes o sentimento de pertencer e se orgulhar do campo. “Por meio do PDCIS, estamos contribuindo para transformar social, econômica e ambientalmente as condições de vida de jovens e suas famílias. Acreditamos que, a partir da educação, oportunizamos o desenvolvimento das comunidades, fortalecendo nossas raízes e a região”.

Após um bate-papo com os estudantes, o conselheiro da Fundação Odebrecht, Cláudio Pádua, destacou a formação pelo trabalho e para a vida. “Aqui encontrei jovens que aproveitaram a oportunidade recebida, são articulados, empoderados e estão fazendo a diferença ao compartilhar conhecimento”.

Nova geração

Ruy Sampaio recebe de Valdemar Jesus, aluno da CFR-PTN,
kit com Banana da Terra Chips, mel e chocolate artesanal produzidos pelos jovens

Na sequência, os visitantes conheceram o trabalho realizado pela Cooperativa de Produtores Rurais de Presidente Tancredo Neves (Coopatan) com agricultores familiares do Baixo Sul da Bahia e, em especial, interagiram com egressos das Casas Familiares que hoje são cooperados. “Para nós, a cooperativa representa uma certeza de que teremos para quem vender o que produzimos em nossas propriedades”, explicou Adilton do Nascimento, ex-aluno da CFR-PTN e associado da Coopatan. Ruy Sampaio, Presidente do Conselho de Administração da Odebrecht S.A. e do Conselho de Curadores da Fundação, destacou: “já é possível observar uma nova geração de agricultores que está modificando o Baixo Sul da Bahia. Os propósitos estão sendo alcançados, novos desafios são apontados e isso só nos compromete a fazer ainda mais”.

Daniel Villar, Responsável por Pessoas, Comunicação e Sustentabilidade na Odebrecht S.A., relembrou sua visita, há mais de dez anos, às ações apoiadas pela Fundação Odebrecht. “Naquela época, tive contato com jovens que ainda estavam em formação e agora os vejo como empresários rurais que estão empreendendo, produzindo e transformando suas realidades”.

Em harmonia com o meio ambiente

No Núcleo Papuã, localizado no município de Ibirapitanga (BA), as áreas de atuação da Organização de Conservação da Terra (OCT) foram apresentadas aos conselheiros. Eles conheceram Arival Mamédio, o “Seu Vavá”, agricultor que teve um Sistema Agroflorestal (SAF) implantado e uma nascente recuperada em sua propriedade, com o apoio da OCT. “Aprendi a agregar valor ao meu produto. Hoje, planto em harmonia com a natureza e não troco minha roça por nada”, relatou o produtor rural.

Conselheiros, lideranças das Casas Familiares e jovens trocam experiências e dialogam sobre o futuro

De acordo com Luciano Guidolin, Diretor-Presidente da Odebrecht S.A. e membro do Conselho de Curadores da Fundação, ver mais uma vez de perto o compromisso com o desenvolvimento sustentável reforça a importância de investir no PDCIS. “Para quem está diariamente em atuação com os programas empresariais, é muito inspirador vivenciar a contribuição social do Grupo Odebrecht e ver na prática como isso impacta na vida de centenas de famílias”.

Para Norberto Odebrecht Neto, representante do acionista Kieppe, o trabalho realizado pela Fundação mantém vivo o sonho do seu avô. “Acompanho há anos as ações da Fundação, mas não deixa de ser surpreendente conversar com os jovens. O papel multiplicador desses meninos e meninas é um ganho muito expressivo para a região. Vejo o legado de meu avô tendo continuidade”, salienta.

Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação, destacou a importância dessa visita: “temos a certeza de que nossa contribuição viabiliza a construção de uma sociedade mais harmônica e igualitária. Em nome da equipe da Fundação Odebrecht, agradecemos a oportunidade de tão intensa troca e aprendizado com nossos conselheiros e demais convidados”.
 

Newsletter
Quer apoiar nossa causa?
Cadastre nome e e-mail e aguarde nosso contato.
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital