11h10

Cfaf é certificada pela Fundação Banco do Brasil

Casa Familiar passa a integrar banco de tecnologias sociais da instituição

Compartilhe
Tamanho do texto

Com 14 anos de história, a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) é uma escola de referência na formação de adolescentes que vivem na zona rural do Baixo Sul da Bahia. Instituição de ensino médio integrado ao curso técnico de Florestas, a Cfaf teve recentemente sua tecnologia social certificada pela Fundação Banco do Brasil (FBB), sendo um reconhecimento pelo trabalho de “Inclusão Socioprodutiva de Jovens Agricultores Familiares” realizado. 

Jovens empreendedoras rurais alunas da Cfaf
Alunas da Cfaf em campo demonstrativo da escola

De acordo com Rita Cardoso, diretora da Cfaf, essa é uma forma de tornar ainda mais pública a atuação da Casa Familiar, sediada em Nilo Peçanha (BA) e que atualmente conta com 106 alunos em formação e mais de 1.800 pessoas beneficiadas indiretamente. “Ao entrar para o banco de Tecnologias Sociais da FBB, estamos divulgando nossas ações em prol do desenvolvimento dos estudantes e da região. Podemos apresentar a evidência e relevância de nossas atividades”, explica.

Iniciativa da FBB que conta com o apoio da Organização da Nações Unidas (ONU), o banco é uma base de dados que contempla projetos de todo Brasil. Ele reúne informações sobre diversas tecnologias sociais, desde soluções de problemas sociais e estratégias adotadas, até formas de envolvimento da comunidade e recursos necessários para replicabilidade das ações. 

Na Cfaf, os alunos são incentivados a serem agentes da transformação. Dialogam com educadores e realizam práticas sobre temas como agricultura sustentável, novos manejos e, também, compartilham aprendizados com agricultores do entorno e se preparam para serem lideranças ativas em suas comunidades. Klécia Santos, que cursa o 3º ano na instituição, é um exemplo da efetividade dessa inclusão. “Hoje, posso dizer que as pessoas me veem de maneira diferenciada. E não é apenas na comunidade que ocorrem mudanças, mas na minha própria família, onde comecei a ser referência. Entendo que sou uma jovem determinada a conquistar meus objetivos e ser protagonista da minha própria história”, diz.

No ano passado, a escola rural também teve importantes conquistas ao ser certificada pela Secretaria de Desenvolvimento Regional do Governo do Estado da Bahia pela prática dos “Quintais Agroflorestais” (sistemas de manejo agrícola que reúnem, em uma mesma área, diversas espécies) e por ter recebido o 2º lugar no Prêmio Objetivos de Desenvolvimento Sustentável Brasil na categoria “Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão”, tendo concorrido com cerca de mil iniciativas do país.

A Cfaf faz parte do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), iniciativa da Fundação Odebrecht. Integram o PDCIS ainda a Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN), instituições que também têm suas tecnologias sociais certificadas pela FBB.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital