14h00

Unidade de Beneficiamento é inaugurada na CFR-I

Espaço será utilizado por alunos e comunidades para preparo de produtos como chocolates e geleias

Compartilhe
Tamanho do texto

A Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) inaugurou no dia 24 de julho sua Unidade de Beneficiamento, um espaço que será utilizado por estudantes, famílias e comunidades para beneficiamento de frutas cultivadas em suas propriedades rurais. Implantado a partir de recursos do Fundo para Infância e Adolescência (FIA) e da Mitsubishi Corporation, o local conta com maquinário para produção de chocolate artesanal e uma cozinha multifuncional com fogão, mesas, refrigeradores, desidratador de frutas e embaladoras, o que permitirá a confecção de produtos como geleias, por exemplo.

Jovens empresários rurais em Casa Familiar do Baixo Sul da Bahia
Espaço será utilizado por alunos em formação e por agricultores do entorno

De acordo com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), o ato de beneficiar um cultivo agrícola se relaciona com questões de processamento e modificações que um alimento pode sofrer para se transformar em algo novo. Para Francisvaldo Roza, diretor da CFR-I, o projeto da Unidade tem como objetivo agregar valor ao que é produzido pelos jovens e, assim, gerar mais aprendizados e melhorar a renda dos beneficiários. “A ideia surgiu em 2017 a partir do entendimento de que precisávamos aproveitar melhor os cultivos das famílias atendidas. A escola está sempre buscando por inovações tecnológicas. Percebemos, então, que era necessário um espaço para viabilizar o beneficiamento, mas que também representasse aquisição de conhecimentos”, salienta Roza.

No ano passado, a CFR-I já havia inaugurado uma pequena fábrica de chocolate. Agora, com o novo espaço, a instituição dá mais um passo importante a fim de ofertar possibilidades de crescimentos aplicados na prática para os estudantes. A Unidade também vai receber cursos de capacitação para os alunos matriculados e demais agricultores da região do Baixo Sul da Bahia, onde a CFR-I está sediada. “A depender do produto, é possível agregar até 40% do seu valor de mercado com o beneficiamento. Buscamos com isso novas formas de comercialização. A zona rural é um universo e precisamos cada vez mais investir nisso, possibilitando que os jovens possam empreender”, reforça Roza.

Para Daniele Souza, estudante do 3º ano da CFR-I, a Unidade de Beneficiamento representa uma oportunidade de empreendedorismo no campo. Moradora do município de Camamu (BA), ela cultiva dendê e pimenta ao lado dos pais e, também, prepara chocolate a partir de uma parceria com colegas da escola que já plantam cacau. “Vou agora começar a trabalhar fazendo molhos e geleias a partir da pimenta que planto. Estamos atribuindo mais valor aos nossos plantios e mostrando para a comunidade que podemos fazer algo diferente: não teremos perda de produção”, comenta Daniele. A estudante conta que a CFR-I foi essencial para despertar sua visão enquanto empresária rural. “Percebi que posso fazer do campo meu negócio. Minha área produtiva é a minha empresa”, completa.

A CFR-I é uma das escolas rurais que fazem parte do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS), iniciativa criada e coordenada pela Fundação Odebrecht.
 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital