09h20

Retrospectiva 2019

Confira os principais destaques do ano passado para a Fundação Odebrecht

Compartilhe
Tamanho do texto

Premiações importantes, pesquisa de percepção com Integrantes, estímulo à cultura da doação e grandes momentos de troca com pares do Terceiro Setor foram alguns dos marcos de 2019 para a Fundação Odebrecht. Junto às instituições parceiras do seu Programa Social, o PDCIS, a Fundação comemorou resultados inspiradores alcançados ao longo do ano.

Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação, pontua que 2019 foi fundamental para mostrar os caminhos que levarão o PDCIS a se propagar de maneira responsável. “Encerramos esse ciclo com a certeza de que estamos no caminho. As bases estão sólidas e seguimos firmes em perpetuar o legado social de Norberto Odebrecht, nosso idealizador, com o respaldo dos Integrantes Odebrecht e de toda a sociedade”, afirma.

Relembre, abaixo, os principais destaques do último ano:

Janeiro

Novos alunos – Mais de cem jovens da zona rural do Baixo Sul da Bahia iniciaram seu processo de formação nas Casas Familiares, escolas parceiras da Fundação.

Interatividade – Responsivo, dinâmico e em três idiomas, o novo site da Fundação Odebrecht foi lançado com o objetivo de ampliar a capacidade da instituição de se conectar com a sociedade.

Fevereiro

Mobilização social – Foram divulgados os resultados da campanha 2018 do Tributo ao Futuro, que teve o engajamento de mais de 5.300 investidores sociais. Juntos, eles mobilizaram cerca de R$ 2,3 milhões, recursos que foram utilizados ao longo de 2019 na formação de centenas de adolescentes.

Investimento – Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) firmou uma parceria com o Itaú Social para aporte de recursos que viabilizaram o custeio de despesas como alimentação e insumos para as aulas práticas dos jovens e, também, aquisição de um veículo para transportar os educadores durante as visitas de acompanhamento aos estudantes.

Avaliação de Impactos – Fundação realizou uma coletiva de imprensa com jornalistas e formadores de opinião para divulgar os principais resultados aferidos por um estudo científico que comprovou que o Programa Social da instituição gera impactos sociais, econômicos e ambientais significativos para seus beneficiários. 

Março

Conservação Ambiental – Organização de Conservação da Terra (OCT) e Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) firmaram uma parceria com o Programa Ecomudança, iniciativa do Itaú Unibanco em parceria com o Instituto Ekos Brasil, para aporte financeiro a fim de realizar ações em prol do meio ambiente.

Apoiadores – Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN) conquistou dois parceiros que aportaram recursos para viabilizar suas ações: a Fundação Telefônica Vivo, que passou a apoiar a Casa pela primeira vez, e o Banco do Nordeste, que já foi apoiador da instituição no passado e renovou a aliança esse ano.

Meio ambiente – As três Casas Familiares parceiras da Fundação ingressaram no Programa Eco-Escolas, cujo objetivo é estimular o desenvolvimento de ações sustentáveis no ambiente educacional. E, em novembro, essas escolas foram certificadas pelo projeto e receberam a Bandeira Verde.

Abril

Governança – Membros do Conselho de Curadores da Fundação Odebrecht, do Conselho de Administração e Diretoria da Odebrecht S.A., além de representantes do acionista Kieppe, visitaram o Baixo Sul da Bahia. Na ocasião, puderam ver de perto as transformações ocasionadas pelo Programa Social da Fundação na vida dos seus beneficiários.

Maio

Educação para o desenvolvimento sustentável – Pautadas pela Avaliação de Impactos do Programa Social da Fundação, as Casas Familiares intensificaram o acompanhamento de jovens egressos, estimulando assim o aprimoramento constante.

Junho

Atuação em rede - Representantes da Itaguaí Construções Navais S.A. (ICN), Pro Natura e Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ) estiveram no Baixo Sul da Bahia para conhecer de perto o trabalho da Fundação e suas instituições parceiras. Depois, em julho, a Fundação, UFRRJ, Pro-Natura assinaram uma carta de intenções com a Fundação. Documento prevê acordo de cooperação entre instituições para projetos de desenvolvimento socioeconômico na Baía de Sepetiba (RJ).

Julho

Prestação de contas – Foi divulgado o Relatório Anual da Fundação Odebrecht, publicação digital e trilíngue que concentrou os principais resultados do Programa Social da instituição no ano passado.

Empoderamento – Participação feminina na agricultura é estimulada pelo Programa Social da Fundação Odebrecht, que apresentou em matéria o modo como o empoderamento vem sendo cada vez mais trabalhado junto às beneficiárias. 

Agosto

Frutos da sua doação – Tributo ao Futuro divulgou a prestação de contas 2019.1, que mostrou aos doadores da campanha de 2018 passado o que já foi feito esse ano com o recurso mobilizado.

Reconhecimento – Cfaf teve sua tecnologia social reconhecida pela Fundação Banco do Brasil, ingressando assim no banco de boas práticas da instituição. 

Desenvolvimento econômico – CFR-I inaugurou Unidade de Beneficiamento, espaço que está sendo utilizado por estudantes, famílias e comunidades para beneficiamento de frutas cultivadas em suas propriedades rurais.

Setembro

Terceiro Setor - Fundação Odebrecht participou da 1ª Mostra GIFE de Inovação Social, evento que reuniu em São Paulo (SP) quase 300 soluções desenvolvidas no Brasil e no mundo, a exemplo do Programa Social da Fundação.

Empreendedorismo – Alunos das Casas Familiares assistiram ao curso Jovem Empreendedor no Campo, ministrado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae).

Educação - Fundação Odebrecht promoveu doação de livros para Casas Familiares. Junto ao Escritório Odebrecht Salvador, foram doadas 5.626 obras literárias que contribuirão para a formação de jovens agricultores.

Visão dos Integrantes – Foram divulgados pela Fundação os resultados de uma pesquisa de percepção realizada entre maio e junho com todos os Integrantes do Grupo Odebrecht que falam Português e estão no Brasil. A apuração aferiu o nível de conhecimento e importância que é atribuído à Fundação, bem como seu papel para a boa imagem do Grupo e o quanto representa o legado social de Norberto Odebrecht.

Outubro

União de pessoas – Comemorando os 15 anos da iniciativa, campanha do Tributo ao Futuro foi lançada com o mote “unindo pessoas que acreditam nas pessoas”.

Cidadania – Fossas sépticas foram implantadas nas propriedades de beneficiários do Programa Social da Fundação, garantindo mais qualidade de vida e cidadania para as famílias.

Novembro

Melhores ONGs – Fundação Odebrecht ficou entre as 400 Melhores ONGs do Brasil. A OCT esteve entre as 100 primeiras colocadas e ganhou o prêmio promovido pelo Instituto Doar, Agência O Mundo Que Queremos e Rede Filantropia. Na ocasião, a OCT foi destacada ainda como melhor ONG do Brasil em Meio Ambiente.

Dezembro

Ambientes de troca – Mobilizações do Tributo ao Futuro foram realizadas dentro e fora do Grupo Odebrecht como forma de divulgar a iniciativa e mostrar seu papel na formação de adolescentes. Foram realizadas ações em empresas como Braskem, Cetrel, Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Jornal A TARDE e Atvos.

Reunião Anual - Carolaine Sena e Gabriela Rocha, beneficiárias do Programa Social da Fundação, foram mestres de cerimônia da Reunião Anual da Odebrecht, evento que reuniu 150 líderes de todos os Negócios no dia 13 de dezembro, em São Paulo.

Selo ONG Transparente - Fundação Odebrecht conquista o Selo ONG Transparente. Promovido pelo Instituto Doar, reconhecimento atesta a transparência das informações prestadas na web, destacando seu compromisso com uma atuação ética, íntegra e transparente, sempre em busca das melhores práticas de governança e conformidade do setor.


 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital