10h00

Tributo ao Futuro: confira o resultado da última campanha!

Mobilização uniu, em 2019, mais de 4 mil pessoas que acreditam nas pessoas

Compartilhe
Tamanho do texto
 Lais Amorim e Hannah de Andrade, Integrantes da Braskem,
chamaram amigos para participar da campanha do Tributo ao Futuro
 

Em 2019, quando o Tributo ao Futuro completou 15 anos de história, mais de 4 mil pessoas estiveram unidas pela crença no ser humano e pela oportunidade de contribuir para que centenas de adolescentes tenham acesso a uma educação de qualidade e possam empreender no campo junto às suas famílias, preservando o meio ambiente. Com o tema “unindo pessoas que acreditam nas pessoas”, a campanha do último ano arrecadou R$ 2 milhões, tendo mobilizado não só Integrantes Odebrecht como também a sociedade.

Empresas como Braskem, Cetrel, Atvos, Odebrecht S.A., OR, OEC, Grupo A TARDE e Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB) sediaram mobilizações que apresentavam a iniciativa, angariavam doações e mostravam um pouco do fruto das contribuições, a partir de produtos da agricultura familiar feitos com cultivos dos beneficiários - jovens estudantes das Casas Familiares, escolas rurais parceiras da Fundação Odebrecht na realização do seu Programa Social, o PDCIS. “Ampliamos nossas conexões e estabelecemos novos espaços de diálogo. Essas trocas foram de suma relevância para que mostrássemos a atuação da Fundação para mais organizações e a importância da campanha para a educação de adolescentes”, disse Thiago Maciel, responsável pela campanha de 2019 do Tributo ao Futuro. 

Dentro do Grupo Odebrecht, cerca de 150 Integrantes atuaram em seus Negócios como Agentes do Futuro, incentivando colegas a se engajarem e trazerem amigos para apoiar a causa. Aos vestirem voluntariamente a camisa da mobilização, eles fizeram sua parte para o resultado da campanha. Ada Ferreira, do Prosub-EBN, acredita que, por meio do Tributo ao Futuro, é possível fazer a diferença para a construção de uma sociedade mais justa. “A grande motivação de fazer parte dessa iniciativa é acreditar no potencial do ser humano e na capacidade de evoluir por meio da educação. O Tributo vem ajudando a formar estudantes, dando a eles a oportunidade de se capacitar e ampliar seus conhecimentos”, opina.

Relembre

Os recursos captados pela iniciativa são depositados diretamente na conta dos Fundos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente por meio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) que, após aprovação de projetos via edital, os repassam para a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf), Casa Familiar Rural de Igrapiúna (CFR-I) e Casa Familiar Rural de Presidente Tancredo Neves (CFR-PTN). Essas instituições são escolas rurais de ensino médio integrado ao técnico localizadas no Baixo Sul da Bahia e que fazem parte do Programa Social da Fundação Odebrecht.
 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital