17h08

Casa Familiar Agroflorestal comemora 15 anos com celebração virtual

Instituição, que oferece ensino contextualizado à zona rural, é parceira da Fundação Odebrecht na realização do seu Programa Social

Compartilhe
Tamanho do texto

Mesmo em meio à pandemia provocada pela Covid-19, a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) conseguiu adaptar-se para celebrar seus 15 anos de história e discutir a temática da Educação em tempos de pandemia. Na manhã do dia 22 de junho, estiveram no encontro membros da comunidade, alunos, educadores e equipe pedagógica da Cfaf, Fabio Wanderley e Cristiane Nascimento, da Fundação Odebrecht, Joana Almeida, do Programa de Escolas Associadas da Unesco, o Secretário de Educação do Estado da Bahia, Jerônimo Rodrigues, o Prefeito de Nilo Peçanha, Carlos Azevedo, além de representantes da Coordenação de Educação do Campo (CEC) do Estado, das Secretarias de Educação dos Municípios de Nilo Peçanha, Ituberá, Igrapiúna e Taperoá, do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Nilo Peçanha.

Celebração dos 15 anos da Cfaf foi realizada pela plataforma Zoom 

Durante a cerimônia, presidida por Rita Cardoso, diretora da Cfaf, o Secretário Jerônimo Rodrigues destacou os desafios da educação diante do cenário atual e a relevância do trabalho da instituição. “Seguimos juntos e não vamos colocar em risco a saúde das nossas famílias. Estamos nos preparando para voltar às aulas físicas com ainda mais força quando for o momento certo, com o suporte necessário, pois a Casa Familiar existe para trazer cidadania e qualificar a educação municipal e do território. Fico muito feliz, apesar do momento tão difícil que estamos passando, em poder compartilhar esse aniversário com todos aqui presentes, pois vejo a competência em formar de maneira tão brilhante os nossos estudantes”, disse.
 
Representando a Cfaf, a Presidente Maria Castro agradeceu a participação de todos, incluindo parceiros e investidores sociais, para uma formação que transforma vidas.  “Nossa escola tem um dos melhores ensinos do mundo, tornando-a tão especial. Obrigada a todos que fazem parte e contribuem para que isso seja possível”. Em nome dos pais e alunos, a ex-Presidente da instituição, Rosenilda Apóstolo, também comentou: “A Cfaf faz aniversário e nós é que ganhamos o presente. As Casas Familiares vieram para transformar não só a vida dos nossos filhos, mas a das famílias e de todos nós agricultores familiares”, ressaltou.

Ensino integrador

Reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e credenciada ao Conselho Estadual de Educação do Estado da Bahia, a Cfaf oferece o Curso de Educação Profissional Técnico de Nível Médio em Florestas Integrado ao Ensino Médio para jovens de 14 a 18 anos de idade incompletos, filhos(as) de agricultores familiares. Essa formação se dá com a metodologia da Pedagogia da Alternância, em que os alunos alternam uma semana na escola com duas semanas em suas propriedades, onde recebem a visita de monitores e aplicam os conhecimentos adquiridos na Casa. Inserida em um ambiente onde há predominância de comunidades quilombolas, a instituição incorpora à grade curricular essa origem cultural, abordada por meio de ações que aproximam os jovens das tradições locais, resgatando sua identidade.

Essas ações estão ainda ancoradas nas frentes de atuação do PDCIS, Programa Social da Fundação Odebrecht e do qual é uma das executoras na promoção do desenvolvimento territorial sustentável em alinhamento com as metas dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável. Para Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação, a atuação em conjunto com a Cfaf é essencial para que o Programa atinja seu objetivo. “Com o PDCIS, buscamos transformar social, econômica e ambientalmente as condições de vida das pessoas. E sabemos que o jovem, preparado para a vida, é o elo fundamental para fomentar essa mudança”, disse. 

Para as irmãs Verônica e Jamily Conceição, com 14 e 17 anos e estudantes da Cfaf, essa mudança já está curso: a escola trouxe uma nova visão de empreendedorismo no campo e responsabilidade social para sua família. “Temos mais compromisso com nossas atividades e isso é algo que aprendemos com os educadores. Agora, sabemos os caminhos para conquistar um futuro melhor,” disse Jamily. 

Verônica e Jamily Conceição, alunas da Cfaf 

Reconhecimentos

•    Em 2015, passou a ser membro do Programa de Escolas Associadas da UNESCO.
•    Em 2018, foi reconhecida com o Prêmio Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) Brasil. Selecionada entre mais de mil inscritos, a Cfaf foi premiada com o 2º lugar na categoria “Instituições de Ensino, Pesquisa e Extensão”.
•    Em 2019, tornou-se associada do Programa Eco-Escolas, iniciativa da Foundation for Environmental Education em parceira com UNESCO e Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente.
•    No mesmo ano, teve sua tecnologia social certificada pela Fundação Banco do Brasil (FBB), sendo um reconhecimento pelo trabalho de “Inclusão Socioprodutiva de Jovens Agricultores Familiares” realizado.

 

 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital