10h00

Norberto Odebrecht e sua crença no ser humano

Confira artigo escrito por Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação Odebrecht

Tags: Artigo
Compartilhe
Tamanho do texto

Fabio Wanderley*

*Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação Odebrecht

A confiança no potencial do ser humano e em sua capacidade de se desenvolver, como nos ensinou Norberto Odebrecht, é a razão de ser da Fundação Odebrecht. Razão que mobiliza tantos apoiadores à nossa causa, como membros de instituições privadas, do poder público e representantes da sociedade civil, e nos fortalece para que possamos seguir em frente dando vida ao legado deixado por nosso fundador. 

Ao longo de 54 anos de existência, atuamos de diferentes formas tendo sempre como objetivo a construção de uma sociedade mais harmônica, solidária e com igualdade de oportunidades. Com o propósito de construir um futuro mais sustentável para as próximas gerações a partir do desejo das comunidades e seus anseios, Norberto Odebrecht idealizou e criou em 2003 o PDCIS, programa social para promoção do desenvolvimento sustentável aplicado ainda hoje pela Fundação em uma região de vulnerabilidades do estado da Bahia onde vivem 285 mil pessoas: o Baixo Sul. Com foco no jovem da zona rural, suas famílias e comunidades de influência, as ações são coordenadas de forma integrada e sinérgica em frentes como educação para o desenvolvimento sustentável, promoção do desenvolvimento econômico, conservação ambiental, inovação e tecnologia na agricultura e cidadania.

Em 2018, decidimos fazer uma avaliação dos impactos resultantes da aplicação do programa, utilizando uma metodologia rigorosa de base científica para demonstrar e avaliar as transformações ocorridas na vida de inúmeras famílias após 15 anos. O estudo comprovou impactos importantes do ponto de vista econômico, social e ambiental distribuídos em toda nossa região de atuação, a exemplo do aumento da renda com a agricultura, menor dependência do Bolsa Família, menos intenção dos jovens em sair de suas propriedades rurais e menor propensão a utilizar queimadas.

Resultados expressivos que confirmaram nossa missão e nos surpreenderam pelo alcance e pelo significado transformador encontrado na emancipação de pessoas e comunidades, sobretudo frente à realidade das carências ainda existentes no Baixo Sul da Bahia. Também nos abriu para a possibilidade de nosso modelo de desenvolvimento territorial sustentável contribuir na orientação de políticas públicas e ser expandido para outros contextos e realidades, ampliando assim o seu alcance e benefícios em outras regiões do país.  

Para isso, reunimos, de forma estruturada, todo o aprendizado acumulado ao longo da nossa experiência, para preservar esse conhecimento, o que culminou na sistematização do PDCIS. E assim, estamos trabalhando, no ano do centenário de Norberto Odebrecht, para moldar o futuro e tornar esse programa um modelo autossustentável, com capacidade para ser reaplicado e adaptado em outros contextos, beneficiando ainda mais pessoas, como sonhou nosso fundador.


 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital