16h00

Fundação Odebrecht sistematiza sua Tecnologia Social

Lançada em setembro, publicação “Como implementar o PDCIS”, Programa Social da instituição, está disponível em versão de livre acesso ao público

Compartilhe
Tamanho do texto

Seguindo seu objetivo de construir uma sociedade mais responsável, harmônica, solidária e com igualdade de oportunidades para todos, a Fundação Odebrecht está disponibilizando a sua Tecnologia Social, para ser reaplicada em outros contextos de desigualdades. Por meio da publicação “Como implementar o PDCIS”, seu Programa Social, a instituição apresenta a sistematização de um modelo para implementação de um programa social de desenvolvimento sustentável baseado numa experiência com impactos comprovados.

O projeto contou com a colaboração de diversos profissionais, dentre eles revisores especializados, e teve seu início em 2019 com a pré-sistematização: etapa que consistiu em uma revisão de todo acervo da Fundação e separação dos materiais encontrados por tema para posterior consulta. Já a etapa da sistematização propriamente dita compreendeu o desenvolvimento dos conteúdos, com mais de 60 horas de entrevistas realizadas e aproximadamente 300 documentos pesquisados, totalizando cerca de oito meses de trabalho que culminaram em uma publicação interativa e de fácil leitura, concluída no final de agosto.

Publicação está disponível para o grande público em sua versão de visibilidade

“Sistematizar era o primeiro passo para a expansão responsável do nosso Programa Social se tornar uma realidade, assim como desejava nosso fundador, Norberto Odebrecht. Mergulhamos nos mais de 50 anos da nossa história e na experiência acumulada em quase duas décadas de PDCIS para construir uma publicação que não só viabiliza a reaplicação da nossa Tecnologia Social, mas representa um dos principais documentos do acervo e história da Fundação Odebrecht”, explica Fabio Wanderley, Superintendente da Fundação.

Contribuição social

A publicação “Como implementar o PDCIS” se divide em conteúdos introdutórios mais conceituais, que trazem os pilares para a compreensão do Programa e apresentam temas como Protagonismo Juvenil, Desenvolvimento Sustentável e Tecnologia Empresarial Odebrecht, além de conteúdos práticos, que estão contemplados na publicação ao longo do módulo Programático PDCIS e organizados no formato de passo a passo com detalhamento necessário para apoiar a reaplicação.

Para Cristiane Nascimento, responsável por Sustentabilidade, Parcerias e Comunicação na Fundação e que esteve diretamente envolvida na coordenação desse projeto, a publicação é um marco na trajetória da instituição. “Em nosso Direcionamento Estratégico prevíamos avaliar o PDCIS, o que fizemos em 2018 e atestamos os reais impactos que o Programa gera na vida dos beneficiários; e como passo seguinte sistematizar a nossa Tecnologia Social para que uma experiencia tão exitosa como a sua aplicação no Baixo Sul da Bahia pudesse servir à sociedade em outros contextos”, explica.

O desejo de reaplicação do Programa também foi expresso por Norberto Odebrecht em seus escritos. Assim, levar o modelo para outras regiões, por meio de uma expansão responsável, é mais uma forma de manter seu legado vivo e transformador. Em 2020, o empresário completaria, se vivo estivesse, 100 anos de idade.  

Para conhecer o documento em sua versão de visibilidade, acesse aqui. Com livre acesso, essa versão apresenta o conteúdo da publicação sem a abertura do passo a passo e anexos. A versão de reaplicação, que contempla a abertura de todo o passo a passo do Programa (como fazer) e seus respectivos anexos e apêndices, está disponível com acesso mediante senha para aqueles que demandarem a Tecnologia.
 

Newsletter
Receba nossas novidades
Basta informar seu nome e melhor e-mail.
preload
2018 - 2020. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital