Programa Social

Avaliação de Impactos

Em 2018, a Fundação Odebrecht realizou, de forma inédita, a Avaliação de Impactos do Programa de Desenvolvimento e Crescimento Integrado com Sustentabilidade (PDCIS). Conduzido por uma consultoria especializada, a JS/Brasil, o trabalho comprovou, com segurança estatística, que o programa social idealizado em 2003 e coordenado pela Fundação na região do Baixo Sul da Bahia gera transformação nos âmbitos econômico, social e ambiental para os jovens agricultores apoiados e suas famílias.

Instituições Executoras do PDCIS

A metodologia científica adotada na Avaliação de Impactos foi a de Caso-Controle, que comparou dois grupos: o Grupo Caso, formado por beneficiários dessas instituições e o Grupo Controle, constituído por não beneficiários. Para garantir maior segurança nas informações coletadas, o grupo Controle selecionado tinha características semelhantes a dos beneficiários. O processo levou oito meses para ser concluído, com visitas a 190 propriedades rurais e mais de 300 entrevistas realizadas. 

 

Assista ao vídeo sobre a Avaliação de Impactos do PDCIS.

Veja os principais resultados aferidos e entenda, na prática, a transformação na vida dos beneficiários do PDCIS. Uma versão completa do vídeo, com depoimentos e imagens da região do Baixo Sul da Bahia, pode ser acessada em nossa Galeria de Vídeos.

Acesse o relatório completo do estudo.

Confira publicação que apresenta o trabalho de Avaliação de Impactos do PDCIS. Saiba em detalhes aspectos como:

  • Metodologia aplicada;
  • Processo de coleta dos dados;
  • Resultados aferidos:
    • Impactos Econômicos, Sociais e Ambientais;
  • Depoimentos de Parceiros;
  • Histórias de beneficiários do PDCIS.

 

Conheça, abaixo, alguns dos principais resultados verificados a partir da Avaliação de Impactos:

Impactos Econômicos

Para cada R$ 1,00 investido no PDCIS retornam R$ 2,13 em benefícios socioambientais e econômicos para as famílias apoiadas.

 

Os beneficiários reduziram em 65% a dependência do Bolsa Família.

 

Renda média anual com agricultura cerca de R$ 25 mil superior a de não beneficiários.

 

A taxa de desocupação para os jovens formados pelas Casas Familiares é de 9,7%, sendo a do grupo controle 46,8%.

 

Impactos Sociais

Os jovens beneficiados pelo PDCIS têm mais sonho de empreender, acreditam que receberam uma educação para o empreendedorismo e tiveram oportunidades de aplicar novas tecnologias agrícolas.

 

Os adolescentes apoiados também têm menos intenção de sair de suas propriedades em busca de melhores condições de vida e têm uma participação mais ativa junto a suas famílias, comunidades, cooperativas e associações.

 

Impactos Ambientais

Produtores rurais que aliaram a agricultura ao uso racional de recursos naturais obtiveram ganhos financeiros anuais em média R$ 20 mil acima do grupo Controle.

 

Os beneficiários do PDCIS são três vezes menos propensos a enterrar ou queimar embalagens de agrotóxicos e quase seis vezes menos propensos a enterrar ou queimar lixo doméstico.

 

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital