Programa Social

Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf)

Localizada no município de Nilo Peçanha (BA), a Casa Familiar Agroflorestal (Cfaf) é um centro de ensino de referência na geração e difusão de conhecimentos aplicados às atividades agroflorestais. Escola de Ensino Médio integrado ao Técnico, oferece a jovens da zona rural do Baixo Sul da Bahia o curso profissionalizante de Florestas.

Reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) e Secretaria de Educação da Bahia, a Casa recebe estudantes entre 14 e 19 anos, filhos de agricultores e com vocação para permanecer no campo. Associação de natureza educacional privada sem fins lucrativos, a Cfaf é uma Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) credenciada no Conselho Estadual de Educação da Bahia. Fundada em 2005, une o conhecimento tradicional ao técnico, adaptando o ensino à realidade e aos recursos naturais disponíveis. Na instituição de ensino, as turmas aprendem, entre outros temas, a apicultura e os processos de extração do mel.

Integrante da Rede de Escolas Associadas da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO), a Cfaf tem sua metodologia baseada na Pedagogia da Alternância, na qual os alunos passam uma semana em período integral na escola, com aulas na sala e no campo, e duas semanas nas propriedades de suas famílias, aplicando e reaplicando os novos conhecimentos, sob o acompanhamento e a orientação de monitores especializados. Administração rural, manejo de solos, irrigação, cooperativismo, ética, cidadania, além das técnicas adequadas para os mais diversos cultivos e as disciplinas da base nacional comum fazem parte da matriz curricular, conectada com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) propostos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Inserida em um ambiente onde há predominância de comunidades quilombolas, a Cfaf incorpora à grade curricular essa origem cultural, abordada por meio de ações que aproximam os jovens da história de seus ancestrais, resgatando sua identidade e as tradições locais. Em 2018, foi finalista do Prêmio ODS Brasil e também selecionada pelo Criança Esperança, programa social da Rede Globo, para receber apoio durante o ano de 2019.

Conheça a história de Patrícia dos Santos, ex-aluna da CFAF:

Em seu depoimento, Patrícia comenta sobre o papel dos estudantes das Casas Familiares enquanto protagonistas. Relata, ainda, o quanto os conhecimentos adquiridos fizeram com que ela pudesse ser uma voz ativa no trabalho da própria família no campo. Nas comunidades onde moram, os jovens são estimulados a compartilharem com os familiares demais agricultores o que aprendem na escola. Dessa forma, ajudam a melhorar a rotina de toda a região. Confira o depoimento completo da jovem!

Receba nossas novidades:
Basta informar seu nome e melhor e-mail!
preload
2018 - 2019. Fundação Odebrecht. Todos os direitos reservados.
Produzido por: Click Interativo - Agência Digital